Assertividade

Assertividade e a Inteligência Emocional

Assertividade e a inteligência emocional caminham juntas.

Imagine a seguinte situação:

“Você é alocado na equipe de um projeto de grande importância na empresa em que trabalha.

Além disso, está totalmente engajado. Contribui da melhor forma possível. Mas, a cada reunião com a equipe para discutir detalhes importantes do projeto, você nunca consegue expor suas ideias.

Acredita que precisa pensar melhor antes de se expor. Ou que precisa colher mais informações e, no final, acaba sempre deixando para falar depois, perdendo oportunidades importantes.”

O que faz com que você não exponha suas ideias sempre que acredita ser importante ou necessário?

A assertividade tão demandada nas organizações, além do aspecto da objetividade e clareza na forma como nos comunicamos, traz outros três elementos importantes: a habilidade de expressar sentimentos; a habilidade de expressar pensamentos e crenças abertamente ea habilidade de defender posições pessoais.

E para que você consiga praticar a assertividade sob o ponto de vista da Inteligência Emocional, é fundamental que você passe por três etapas.

Primeira: que tenha consciência emocional o suficiente para que possa reconhecer seus sentimentos antes de expressá-los;

Segunda: que consiga controlar seus impulsos e a expressão de suas emoções relacionadas a alguma desaprovação antes que elas cheguem à um estado de raiva ou fúria, gerando comportamentos que tenha um impacto negativo para você e para outros;

Terceira: que consiga defender seus interesses, crenças e pensamentos, sem agredir o outro, respeitando outros pontos de vista e sem recorrer a algum subterfúgio emocional.

Quão emocionalmente assertivo você consegue ser?

Um beijo,

Andrea Sarno

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.